SOCIEDADE

Ex-Fazendeiros acusam PCA do Projecto Terra do Futuro de ser um "mentiroso e enganador"

Publicado em: 02/10/2020 04:16:00
152 9
imagem de noticia

O empresário Manuel João da Fonseca, mentor na criacão de um dos Projectos Agricolas localizado no Município da Kibala, Provincia do Cuanza-Sul, que teve a sua réplica no Munícipio da Nharea Província do Bié, está a ser acusado por um grupo de Jovens, ex-fazendeiros do referido projecto, de ter sido uma pessoa " mentirosa" e usado os referidos jovens para um "enrriquecimento pessoal" aproveitando-se de avultados financiamentos disponiblizados pelo Banco de Desenvolvimento de Angola ( BDA) nos anos 2010 a 2015.

Os referidos Jovens, contactaram este Portal de Notícias Kwanza News, na tarde desta quinta-feira 1 de outubro, onde dentre vários relatos, acusaram o acima referido empresário, Manuel João da Fonseca, de os ter "burlado", colocando-os a contrair dívidas milionárias, num contrato sem transparência com o Banco de Desenvolvimento de Angola, em nome do Projecto Terra do Futuro.

"O Presidente do Conselho de Administração do PTF, foi um "mentiroso" conosco, e nos enganou, contraímos dividas milionárias com o Banco, num contrato sem clareza, e que não chegamos a ver o próprio dinheiro. Acusam.

" Agora que a PGR está mesmo a trabalhar, seria bom que apertassem também ao empresário Manuel João, porque nos enganou, nos mentiu, e nos burlou, perdemos tempo no Projecto, temos dívidas milionária com o BDA, e hoje estamos aqui muitos de nós desempregados, mas ele continua a gerir suas empresas em Luanda, muitas delas constituídas com o dinheiro que era para o Projecto. Revelaram.

" O Manuel João é um dos que não pode ficar impune, deve ser ouvido pela PGR, e ser investigado. Concluíram.

Segundos fontes deste Portal de Notícias, o referido empresário ja terá sido ouvido recentemente pela Procuradoria Geral da Republica na Provincia do Cuanza-Sul, num processo ligado a gestão do Projecto Agricola Terra do Futuro localizado naquela mesma Provincia.

Apurou ainda este Portal, que o referido empresário, é detentor de várias empresas, e actua nos ramos da educacão, aquicultura, agricultura, hotelaria, e construcão civil.

Um matéria, que puderemos trazer ao longo desta semana mais capitulos.

TAGS

Redacão

Partilha esta notícia:
imagem de noticia

PUBLICIDADES

0 Comentarios

pedronjinga@gmail.com

Tal como aconteceu com os fazendeiros do Cuanza Sul, é do mesmo modo que fomos burlados em Bié-Nharêa.