POLITICA

Tomas Dowbor "usa Jornalistas" para branquear a sua imagem de empresário mentiroso

Publicado em: 25/11/2020 05:04:40
368 98
imagem de noticia

Cresce, o número de cidadãos, que vêm denuciando a falta de seriedade por parte do empresário de origem polaca e de nacionalidade angolana, Tomasz Dowbor, PCA do Grupo Boa Vida e o seu irmão, Wojciech Dowbor.

Nesta terça-feira 24, dois cidadãos que pediram para não ser divulgados os seus nomes, contactaram o Portal Kwanza-News, para denunciar os meandros do esquema de burla protagonizados pelos dois irmãos empresários de origem polaca, na venda de residências no condomínio " Grupo Boa Vida" localizado na via fidel de castro no sentido Benfica-Zango.

Fizeram saber a este Portal, que o número de cidadãos agastados com a morosidade na entrega de residências do referido condomínio, actualmente ultrapassa mais de 15 pessoas, e são residências, avança, muitas delas ja paga a 80 por cento, mas que até ao momento continuam sem serem entregues.

A venda de residências pagas, a uma segunda pessoa, tem sido uma prática reiterada por parte do empresário Tomaz Dowbor, segundo acusaram os dois referidos cidadãos que prometem, voltar a denunciar a este Jornal, com provas documentais dos pagamentos feitos, e das voltas e mentiras que têm sido engendradas pelo Presidente do Conselho de Administracão do Grupo Boa Vida.

Diante das sucessivas denúncias de supostas burlas, o Presidente do Grupo Boa Vida, Tomás Dowbor, decidiu apostar em "usar" Jornalistas para branquear a sua imagem. Recentemente, foi realizada no referido condomínio " BOA VIDA" uma conferência de imprensa com um grupo de Jornalistas de orgãos público e privados, onde o objectivo, foi, não mais, do que procurar passar a imagem de ser um empresário sério e comprometido.

Na refererida conferência, o empresário Poláco com a Nacionalidade Angolana, Tomaz Dowbor, entre várias questões feitas, esquivou-se em debruçar-se, quando questionado por um dos Jornalistas presentes, sobre o caso de um Jovem empresário de nome Adilson, que há muito vem acusando os dois irmãos que dirigem o Condomínio BOA VIDA, de terem comercializado a sua residência para dois compradores, já paga a 69% do contrato com o primeiro cliente, no caso Adilson Fonseca.

Tomás Dowbor, esquivou-se em responder sobre o caso do Jovem, refutando-se apenas, em palavras como: " Este caso está a ser tratado pelo nosso Gabinete Juridico.

Neste final de semana, mais uma tentativa de branquear a sua imagem foi protagonizada por Tomás Dowbor numa actividade de entreda de donativos, onde pediu cobertura da imprensa ..
Em actualizacão..

TAGS

Por: Redacão

Partilha esta notícia:
imagem de noticia

PUBLICIDADES

0 Comentarios

Apporemon

cialis online